Alteração da Política Pública do Governo Federal para Concessão de Bolsa no âmbito dos
programas de mestrado profissionais

 

   A SOCIEDADE BRASILEIRA DE MATEMÁTICA vem esclarecer aos seus discentes, e ao público em geral, que a decisão de concessão e pagamento das bolsas de estudos aos mestrandos inscritos no PROFMAT é de competência exclusiva da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, fundação pública vinculada ao Ministério da Educação que atua em todo o país na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), inclusive com a formação de professores da educação básica ampliando o alcance de suas ações na formação de pessoal qualificado no Brasil e no exterior, tudo de acordo com a politica pública e orçamentária para a educação, definidas exclusivamente pelo Governo Federal.

   Nesse contexto, e considerando o disposto no Anexo 4, do Edital nº 8 de convocação para a realização do Exame Nacional de Acesso para ingresso no PROFMAT do ano letivo de 2017, publicado em 30 de julho de 2016, deverão ser observados os novos critérios para concessão de bolsas e pagamento de custeio a docentes regularmente matriculados em programas de mestrados profissionais – neles considerado o PROFMAT –, divulgados por meio da Portaria nº 61 de 22 de março de 2017, expedida pela CAPES.